segunda-feira, 22 de abril de 2013

Papa critica "bandidos que usam a religião como um negócio"

  O papa Francisco denunciou que atualmente existem na comunidade cristã muitas pessoas que não têm fé, "ladrões e bandidos que usam a religião como um negócio", e advertiu que para entrar no Reino de Deus "a única porta é Jesus".
  O pontífice fez estas declarações na missa que celebrou nesta segunda-feira na capela da Casa Santa Marta, onde está morando. Em sua homilia, afirmou que "a única porta para entrar no Reino de Deus, para entrar na Igreja" é Jesus, e que quem não entra por essa porta "é um ladrão ou um bandido, é alguém que quer tirar proveito em benefício próprio".
 "Também na comunidade cristã há arrivistas. Fingem que fazem parte mas são ladrões e bandidos, já que roubam a glória a Jesus, buscam sua própria glória. Para eles, como os fariseus, a religião é um negócio", afirmou.
  Francisco disse que essa não é a porta autêntica para entrar no Reino do Céu e que os verdadeiros cristãos devem ser "humildes, pobres, justos, mansos, ou seja, seguir as bem-aventuranças".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

NÃO ACEITAMOS COMENTARIOS ANONIMOS