terça-feira, 9 de abril de 2013

Bandas de presidente do América estão sendo investigadas pela Operação Máscara Negra


Além dos empresários da banda Grafith e Saia Rodada, pelo menos três bandas empresariadas pelo presidente do América, Alex Padang, está sendo investigada pelo Ministério Público. O MP acredita que as bandas Deixe de Brincadeira, Cavaleiros do Forró e Forró da Pegação, de propriedade de Padang, estejam diretamente ligados ao esquema de superfaturamento em shows no município de Macau, investigados na operação Máscara Negra, deflagrada nesta terça.

Equipes da Polícia Militar, que auxiliaram o Ministério Público na operação de hoje, estiveram na sede da Padang produções. Lá, foram apreendidos computadores e documentos que serão analisados pelo Ministério Público. Todo o material foi apreendido por força de mandado de busca e apreensão. As bandas fizeram parte da programação do carnaval de Macau entre 2011 e 2013. Pela manhã, já havia sido feitas buscas na casa de Júnior Grafith, em Nova Parnamirim.

"Além da Banda Grafith, outras atrações têm participado com frequência dos eventos do Município de Macau, havendo fortes indícios de que estejam inseridas no
esquema de desvio de recursos públicos através do superfaturamento de contratos, quais sejam, Cavaleiros do Forró, Banda Deixe de Brincadeira e Forró da Pegação", diz a nota da MP.

De Fato

Nenhum comentário:

Postar um comentário

NÃO ACEITAMOS COMENTARIOS ANONIMOS